sétimo: recolha fotográfica do dia 13 de abril

Tendo por base a temática da tipografia, nada melhor do que sair à rua para a encontrar.

FullSizeRender-17FullSizeRender-cópiaFullSizeRender-2IMG_0044

FullSizeRender-27Algumas das tipografias que encontrei eram serifadas, como as que se encontram aqui representadas. Desde a antiga ourivesaria “Lucy” à conhecida marca Renault, todas usam tipografias com serifa. O último exemplo assemelha-se bastante à tipografia Century. Estas conferem um ar mais clássico e formal aos textos, sendo mais fáceis de ler em papel. A cidade do Porto está repleta destas.

FullSizeRender-23FullSizeRender-21

FullSizeRender-12

FullSizeRender-11A cidade invicta possui também outras tipografias com um aspeto ainda mais antigo e clássico. As duas primeiras imagens deste conjunto correspondem também a ourivesarias antigas e as duas últimas, que nos trazem à memória as letras capitulares de manuscritos antigos e nos levam até épocas mais antigas, pertencem à fachada da inconfundível Livraria Lello.

FullSizeRender-20

FullSizeRender-16

IMG_0035

FullSizeRender

IMG_0040

IMG_0036

IMG_0054IMG_0051

Por ser uma cidade repleta de comércio e de arte urbana, as ruas do Porto estão inundadas de tipografias irregulares e manuscritas. Ou de algumas que tentam imitar esse efeito…

FullSizeRender-3-cópia

FullSizeRender-3FullSizeRender-4 FullSizeRender-9FullSizeRender-19 FullSizeRender-18FullSizeRender-22

FullSizeRender-15FullSizeRender-2-cópia

IMG_0023FullSizeRender-7FullSizeRender-24As letras sem serifa invadem os elementos mais modernos da cidade. Mais utilizadas nos media digitais e mais simples, não vivêssemos nós num mundo de sinalética, transmitem automaticamente um maior minimalismo, modernismo e simplicidade. Algumas destas são mais arredondadas, outras mais rígidas e direitas. Alguma são também mais “gordas” e outras mais finas. Algumas com contornos e outras sem. Existem algumas com as terminações mais angulosas e outras mais curvilíneas. O sexto exemplo desta seleção aposta também numa variação de espessura ao longo do texto, enquanto que o último aposta no preenchimento da “barriga”. Em suma, existem para todos os gostos e feitios.

FullSizeRender-6FullSizeRender-14FullSizeRender-10

Também encontrei tipografias com aspeto jovial, mas também com o seu quê de rústico e clássico. No entanto, pouco se assemelham ao estilo clássico apresentado anteriormente, transmitindo fluidez e refletindo a vida boémia dos jovens. A Baldoria e o Moustache, exemplos apresentados, têm tipografias inconfundíveis.

FullSizeRender-4-cópia

Por fim, deparei-me também com esta tipografia curiosa, que é bastante angulosa e cujas tonalidades e formas a tornam bastante atual.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s